• Acessibilidade
  • +
  • -
  • Youtube OABRN
  • Facebook OABRN
  • Instagram OABRN
  • Twitter OABRN
Cursos e Palestras
Crownder
Sistema de Gestão completo para escritórios de advocacia

18 de julho, 2019 OAB/RN entrega resultado do Quinto ao TRT/RN nesta segunda-feira (22)

Por: Aura Mazda

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN) homologou nesta quinta-feira (18), em reunião do seu Conselho Seccional, o resultado das eleições diretas para a lista sêxtupla do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª região. O presidente da OAB/RN, Aldo Medeiros, anunciou que na próxima segunda-feira (22) entregará formalmente a lista com os seis advogados eleitos ao TRT21.

O pleito ocorreu na sexta-feira passada (12) e contou com a participação da advocacia potiguar. Os advogados eleitos participaram do Conselho Seccional, nesta quinta, e agradeceram a confiança respaldada pelos votos da advocacia e ressaltaram a organização do pleito, conduzido pela OAB/RN. Na ocasião, estiveram presentes cinco eleitos: os advogados Marcelo Barros, Eduardo Rocha, Marisa Almeida e Eduardo Gurgel. A advogada Lúcia Jales se ausentou por motivos de saúde.

O presidente Aldo Medeiros parabenizou e agradeceu a comissão eleitoral pela organização do evento, que transcorreu com tranquilidade e salientou o exercício pleno democracia. “É importante ressaltar todos que trabalham durante o processo, momento em que a democracia foi respeitada e homenageada”, disse, agradecendo também aos parceiros Universidade Potiguar (UnP), que cedeu o campus para a eleição em Natal, e o Tribunal Regional Eleitoral do RN (TRE/RN), pelo empréstimo das urnas eletrônicas.

A lista sêxtupla definida na votação dos advogados será agora encaminhada para apreciação do próprio TRT e, na próxima etapa do processo, reduzida pelos desembargadores em uma lista tríplice. Os três nomes que forem escolhidos no Tribunal serão remetidos ao Presidente da República, a quem caberá decidir aquele que vai preencher a vaga aberta na Corte Trabalhista, em decorrência do falecimento do desembargador Júnior Rêgo, no início do ano.

VOLTAR