• Acessibilidade
  • +
  • -
  • Youtube OABRN
  • Facebook OABRN
  • Instagram OABRN
  • Twitter OABRN

20 de novembro, 2020 Nota pública de solidariedade 

Por: Assessoria de Imprensa

Nota pública de solidariedade 

A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN), vem a público prestar solidariedade a advogada Ana Catarina de Farias Cabral, que teve suas prerrogativas advocatícias violadas ao ser impedida de prestar assistência jurídica a uma cliente. Os fatos ocorreram por volta das 12h30 de 05 de novembro em uma agência bancária de Parnamirim.

No momento do ocorrido, a advogada entrou em contato com a Central de Prerrogativas da OAB/RN, que enviou, imediatamente, um procurador de prerrogativas para dar assistência a advogada. 

A advogada Ana Catarina relatou que, no dia 05 de novembro passado, foi chamada por uma cliente que estava em atendimento em uma agência bancária no município de Parnamirim/RN.

A causídica foi chamada para assitir uma cliente quanto à uma questão jurídica, ao chegar ao local, teria sido impedida por um vigilante que faz a segurança interna do estabelecimento de entrar no banco e ter contato presencial com a cliente.

"Enquanto cidadã e profissional tive minha prerrogativa violada uma vez que passei por  uma  situação constrangedora e revoltante. Eu estava em meu exercício profissional e isso não pode se repetir com outros colegas que cumprem uma função essencial à justiça", disse Ana Catarina de Farias Cabral. 

A OAB/RN repudia violações de prerrogativas em qualquer tipo de estabelecimento e ressalta que, em Parnamirim, a reclamação dos atendimentos em agências bancárias tem sido alvo constante de reclamações. A Seccional Potiguar mantém uma Central de Prerrogativas em funcionamento 24h.

Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte
20/11/2020

VOLTAR